Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008

Saúde - EUA: Alerta para os efeitos perigosos do Botox

http://www.camedtraining.com/botox.html

A Agência norte-americana para a Alimentação e os Medicamentos advertiu sexta-feira que o uso da toxina botulínica, comercializada nomeadamente com o nome de Botox, pode ter efeitos perigosos e mortais.

Todavia, a Agência não chegou a proibir a substância, utilizada por milhões de pessoas em todo o mundo nos tratamentos cosméticos para disfarçar as rugas.

«A agência anunciou hoje (sexta- feira) ter sido informada de um certo número de relatórios sobre reacções graves às toxinas botulínicas» declarou o médico Russell Katz, que dirige a divisão dos produtos neurológicos da FDA.

«Estas reacções ocorreram não longe da zona onde o produto foi injectado», disse Katz numa teleconferência.

Antes, num comunicado, a FDA dera conta de informações relativas a «reacções negativas sistémicas entre as quais problemas respiratórios e mortes na sequência da utilização de toxinas botulínicas».

«Os relatórios falam de reacções próximas do botulismo, que ocorrem quando a toxina botulínica se espalha pelo corpo para lá do local onde foi injectada», acrescenta o comunicado.

Os casos mais graves levaram à hospitalização e à morte«, precisou a FDA.

Ocorreram em pacientes, adultos e crianças, que foram injectados com a toxina botulínica visando fins terapêuticos, para combater sintomas que vão desde as contracções incontroláveis dos músculos do pescoço e ombros, ao estrabismo, batimentos incontrolados das pálpebras e a transpiração excessiva debaixo dos braços, assim como para disfarçar as rugas.

O médico Katz precisou que não há nenhum paciente do Botox para fins cosméticos entre as vítimas mortais mas, mesmo assim, pediu a maior vigilância.

Se alguém que tenha utilizado Botox para fins estéticos começar a desenvolver sintomas ligados à propagação da toxina, » os pacientes e os médicos devem levá-los a sério«, disse.

A advertência da Agência ocorre numa altura em que a associação de consumidores norte-americana Public Citizen, fundada pelo militante Ralph Nader, questionou recentemente a inocuidade do Botox.

Todavia, os responsáveis da Agência negaram que o seu comunicado tenha sido motivado pelos receios da associação.

Ao analisar os dados da Agência, a associação Public Citizen avançara que o uso do Botox está na origem de 87 hospitalizações nos Estados Unidos entre 01 de Novembro de 1997 e 31 Dezembro de 2006 e de 16 mortes.

Os responsáveis da FDA recusaram-se a fornecer números. Katz limitou-se a dizer que era apenas uma »meia dúzia de casos«.

A toxina botulínica, que pode ser comercializada nas marcas Botox ou Vistabel (laboratórios Allergan), Myobloc ou Neurobloc (laboratório Solstice Neurosciences) ou Dysport (laboratórios Ipsen), está na origem de um poderoso veneno, 40 milhões de vezes mais violento do que o cianeto.

A toxina botulínica é segregada pela bactéria que está na origem do botulismo, uma doença mortal que se contrai ingerindo conservas contaminadas.

por Diário Digital / Lusa  in www.diariodigital.pt

tags:
publicado por paulozananar às 16:25
link do post | comentar | favorito
|

Importante - Timor: Ramos-Horta e Xanana alvos de atentados diferentes

Bandeira de Timor-Leste O Presidente timorense, José Ramos Horta, submetido a uma intervenção cirúrgica depois de ser baleado, e o primeiro-ministro Xanana Gusmão foram hoje alvo de dois atentados diferentes perpetrados em Díli.

O chefe de Estado timorense foi operado no hospital militar australiano em Díli, depois de ter sido atacado em sua casa, na Boulevard JF Kennedy, em circunstâncias ainda pouco claras.

O ministro dos Negócios Estrangeiros timorense, Zacarias da Costa, indicou que durante a operação os médicos tentaram extrair uma das duas balas que o atingiram: «uma nas costas e passou para o estômago, a outra passou de raspão».

O ataque de hoje contra a casa do presidente timorense resultou em dois mortos, um dos quais o major fugitivo Alfredo Reinado.

«É verdade, o major Alfredo Reinado morreu», confirmou à Lusa o tenente Carlos Correia, oficial de ligação do Subagrupamento Bravo da GNR em Díli que acrescentou que aguarda informações sobre o número total de mortos.

José Ramos-Horta foi atacado à porta de casa, cerca das 06:15 (21:15 em Lisboa), indicou o primeiro-ministro Xanana Gusmão.

Cerca das 07:15 (22:45 em Lisboa), o primeiro-ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão, foi atacado a caminho de Díli, mas não sofreu nenhum ferimento.

Segundo Xanana Gusmão, a coluna automóvel em que seguia de Balíbar, onde reside, para Díli ficou sob «fogo cerrado» e a viatura que seguia à frente despistou-se, desconhecendo-se se o condutor foi atingido.

A viatura de Xanana Gusmão também foi atingida, segundo contou o próprio primeiro-ministro, que referiu que conseguiram chegar a Díli apesar dos «pneus furados».

A família de Xanana Gusmão foi entretanto transportada para o Palácio do Governo, que se encontra guardado por efectivos das forças militares internacionais em serviço em Timor-Leste.

Xanana Gusmão afirmou que a condição do presidente de Timor-Leste é «estável» e classificou como «cobardes» os ataques ocorridos hoje em Díli.

«Foi um ataque cobarde contra o presidente da República, contra o primeiro-ministro e contra as instituições do Estado», declarou o chefe do governo timorense no Palácio do Governo em Díli.

De acordo com Zacarias da Costa, o presidente timorense ficou mais de uma hora no quarto da sua residência, em Díli, à espera de socorro, após o ataque de que foi alvo.

«As forças da ONU fecharam a estrada mas não o socorreram de imediato e ele ficou mais de uma hora deitado no seu quarto à espera que alguém o socorresse», acrescentou.

Segundo disse hoje à Lusa João Carrascalão, dirigente da União Democrática Timorense (UDT), os efectivos da GNR foram os primeiros a socorrer José Ramos-Horta.

Carrascalão criticou a acção das forças policiais da ONU e explicou que o Chefe de Estado timorense foi transferido por uma ambulância do hospital Guido Valadares, em Díli.

«O que é grave é que a UNPOL (Polícia das Nações Unidas) chegou ao local, ficou a 300 metros e não deu qualquer assistência ao Horta. Foi a GNR que foi lá socorrê-lo», disse.

Entretanto, o chefe da diplomacia timorense informou que um avião foi pedido à Austrália para transportar o Presidente timorense para Darwin, informou.

O embaixador de Portugal em Dilí, João Ramos Pinto, disse que o ataque ao Presidente Ramos Horta ocorreu quando este se preparava para inaugurar a reunião de ministros de Trabalho da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa), que estava prevista realizar-se no Palácio presidencial e foi transferida para o Hotel Timor.

«O local da reunião foi transferido para o Hotel de Timor que está policiado por agentes das Nações Unidas e timorenses», disse o diplomata.

Segundo a mesma fonte as Nações Unidos apelaram à população para restringir os movimentos e para as famílias não saírem de casa.

O embaixador disse ainda que «aparentemente a situação em Dilí está calma».

Na sequência dos ataques contra o presidente e o primeiro-ministro timorenses, as forças das Nações Unidas em Timor-Leste foram colocadas em «estado de alerta máximo», disse a porta-voz da missão da ONU em Díli.

O ex-primeiro-ministro de Timor, Mari Alkatiri, pediu hoje responsabilidades à missão da ONU em Timor (UNMIT) e às Forças Internacionais de Estabilização pelos atentados de que foram alvo o Presidente e o primeiro-ministro do país.

Condenando o ataque, Mari Alkatiri afirmou à Lusa exigir «responsabilidades à UNMIT e às Forças de Estabilização Internacional».

O atentado, «parece ter sido tentativa de golpe de Estado porque afectou o Presidente da República e o primeiro-ministro na altura em que o presidente do Parlamento estava fora do país», considerou Mari Alkatiri.

Em Portugal, segundo fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros, o Governo está a acompanhar «a par e passo» a situação do Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, que foi hoje alvejado.

«O Governo está a acompanhar a par e passo», disse fonte do gabinete daquele ministério, acrescentando estar-se ainda «à espera de confirmações sobre o que aconteceu quer pela Embaixada quer pelo ministro Vieira da Silva» que está em Timor a propósito de uma reunião da CPLP.

Para já, adiantou ainda a mesma fonte, sabe-se apenas que «Ramos-Horta não corre perigo de vida».

 

por Diário Digital / Lusa  in www.diariogigital.pt

publicado por paulozananar às 15:44
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2008

Desporto Motorizado - Ralis - Dificuldades extra

Já se disputou o Shakedown e a Super-Especial de abertura do Rali da Suécia, com a constatação de apesar da neve a lama poderá aparecer em grandes quantidades nesta prova.

"O ‘shake-down’ foi efectuado em condições atípicas para esta prova. As previsões indicam que se irá manter assim ao longo do fim-de-semana, pelo que vamos ter que nos habituar à muita lama em prol da neve”, referiu Armindo Araújo.

No Shakedown Armindo Araújo fez o 3º melhor tempo (1m16,9s) dos concorrentes da PWRC, seguindo-se a Hanninen (1m14,5s) e a Sandell (1m15,7s), enquanto Bernardo Sousa fez um tempo muito superior (1m20,2s).

Na Super-Especial de Karlstad, ganha por Petter Solberg à geral, Armindo Araújo fez o 5º tempo na PWRC, fazendo mais 2,3 segundos que Uwe Nittel, enquanto Bernardo Sousa fez o 18º registo com mais 6,5 segundos.

in www.ralis.online.pt

publicado por paulozananar às 14:25
link do post | comentar | favorito
|

Saúde - Cientista português ganha bolsa europeia de 1.9 milhões de euros

Henrique Veiga Fernandes
Financiamento permitirá estudar um gene que pode desempenhar um papel importante nas leucemias e nas doenças auto-imunes
Aos 35 anos, Henrique Veiga Fernandes ganhou uma bolsa de 1,9 milhões de euros para liderar uma equipa científica. Foi-lhe atribuída pelo Conselho Europeu de Investigação (ERC), a nova entidade de financiamento da ciência na Europa.
Ganhou a lotaria? "É mais ou menos isso: no panorama científico português, é como ganhar a lotaria", respondia ontem ao PÚBLICO o investigador, no Instituto Nacional para a Investigação Médica da Grã--Bretanha, em Londres.
Não tardará a vir para Portugal: em Maio, iniciará no Instituto de Medicina Molecular, em Lisboa, o projecto de investigação que lhe valeu o financiamento europeu.
Nos próximos cinco anos, a equipa a criar por Henrique Veiga Fernandes irá estudar o papel de um gene (o RET) no desenvolvimento e na função dos linfócitos, células do sistema imunitário. O RET pode transformar-se num gene causador de cancro, devido a mutações ou a um funcionamento deficiente.
De facto, em certas leucemias, um tipo de cancro que atinge as células do sistema imunitário, este gene funciona de forma excessiva. Mas qual é o papel exacto desempenhado por ele no sistema imunitário e, em particular, nas leucemias? É fundamentalmente a essa interrogação que Henrique Veiga Fernandes pretende responder durante o projecto.
O mesmo gene poderá ainda ter um papel nas doenças auto-imunes, como a artrite reumatóide, nas quais o sistema imunitário ataca o organismo como se combatesse um agente infeccioso. "Eventualmente, poderá ter aí um papel. É uma incógnita."
Por fim, a compreensão deste gene poderá ter implicações na vacinação. Quando somos vacinados, formam-se mais linfócitos e o gene parece estar mais activo. Será que o aparecimento dos novos linfócitos, na sequência da vacinação, depende do gene?
Há 11 anos que Henrique Veiga Fernandes percorre laboratórios europeus, depois de uma licenciatura em Medicina Veterinária na Universidade Técnica de Lisboa. O doutoramento, em Biologia Molecular e Celular, foi na Universidade René Descartes, em Paris. Seguiu-se um pós-doutoramento no Instituto Necker de Paris, e outro no Instituto Nacional de Investigação Médica britânico, onde é cientista sénior desde 2006.
A primeira ronda de bolsas do ERC vai trazê-lo de volta. Entre os cerca de 200 cientistas agora premiados (concorreram mais de 9000), ele é o único português. "Este financiamento é absolutamente fantástico: vai permitir-nos competir com o que se faz na Europa."
por Teresa Firmino in www.publico.pt
tags:
publicado por paulozananar às 14:22
link do post | comentar | favorito
|

Importante - Banco central antevê riscos maiores para a economia europeia

A crise financeira internacional obriga Trichet a alterar o seu discurso
BCE está mais pessimista e já sinaliza corte de taxas de juros 
O reconhecimento, por parte do presidente do Banco Central Europeu (BCE), de um agravamento das ameaças ao crescimento da economia europeia abriu ontem a porta, pela primeira vez desde o início de 2004, à possibilidade de uma descida de taxas de juro na zona euro.
Na conferência de imprensa que se seguiu à já esperada decisão de manter inalterada a taxa de refinanciamento do BCE nos quatro por cento, o discurso de Jean-Claude Trichet revelou mudanças substanciais face ao que tinha sucedido nos dois últimos meses.
Em primeiro lugar, o economista francês mostrou uma maior preocupação com o ritmo de crescimento. Trichet, que sempre apostou numa variação do PIB europeu em 2008 em linha com o potencial da economia, disse agora que afinal se "pode ficar abaixo do crescimento potencial", assinalando ainda que "os indicadores mais recentes confirmaram que os riscos para o cenário económico são pela negativa".
Em segundo lugar, sinalizou um aligeiramento do tom contra a inflação. É certo que manteve o alerta para o perigo de uma aceleração dos preços, mas não declarou explicitamente o propósito de actuar preventivamente contra a inflação, como o tinha feito nos últimos dois encontros com os jornalistas.
Por último, deu um sinal da existência de novidades na forma como está a decorrer o debate no interior do BCE. Trichet tinha revelado, nas anteriores conferências de imprensa, que a única mudança de taxas de juro sugerida pelos membros que têm assento no conselho de governadores era no sentido de uma subida. Ontem, fez questão de actualizar esta contagem de votos, garantindo que "não houve qualquer pedido nem para uma subida nem para uma descida das taxas de juro".
Corte de taxas até Junho
Todas estas pistas dadas por Jean-Claude Trichet foram lidas pelos analistas como o início de uma viragem na estratégia e no discurso seguidos pelo banco central desde que começou a subir as taxas de juro no final de 2005. E que esta mudança poderá culminar com a realização de um primeiro corte de taxas de juro já durante a primeira parte deste ano.
Antes da reunião de ontem do BCE, a maioria dos 83 economistas inquiridos pela agência Reuters contavam com uma redução das taxas de juro na zona euro, para 3,75 por cento, até ao final do mês de Junho. Ontem, após as declarações do presidente da autoridade monetária, o sentimento geral no mercado era o de que se confirmava, pela gravidade da situação económica assumida por Trichet, que as taxas de juro vão de facto começar a descer ainda durante a primeira metade deste ano.
Ainda para mais, o Banco de Inglaterra decidiu ontem reduzir a sua taxa de juro de referência em 0,25 pontos, para 5,25 por cento, fazendo com que o BCE fique ainda mais isolado (a Fed desceu as taxas em 1,25 pontos durante o mês de Janeiro) como o único grande banco central do Ocidente que não está já a actuar para sustentar o dinamismo do crescimento económico.
O grande entrave a que o BCE possa seguir de forma rápida os passos dos seus congéneres está na inflação, que, desde Agosto do ano passado, se encontra acima do limite de dois por cento definido pela instituição como adequado para o desempenho da economia e que, em Janeiro, deverá ter atingido os 3,2 por cento.
A perspectiva de uma descida de taxas de juro na zona euro durante a primeira metade deste ano e, principalmente, o reconhecimento por Trichet da existência de um cenário económico mais negativo na Europa conduziram, durante a tarde de ontem, à descida do valor do euro face ao dólar. A moeda única baixou a barreira dos 1,45 dólares e aproximou-se do seu valor mais baixo deste ano.

por Sérgio Aníbal in www.publico.pt
publicado por paulozananar às 14:15
link do post | comentar | favorito
|

Curiosidades - Estado do Missouri, EUA - Homem armado mata cinco pessoas num subúrbio de St. Louis

Um atirador matou cinco pessoas, incluindo dois polícias, e feriu outras duas numa reunião autárquica em Kirkwood, um subúrbio de St. Louis, estado do Missouri, indica a CNN. Após o ataque, o atirador foi abatido por agentes.
Os disparos começaram pouco depois das 19h00 (hora local), no exterior da câmara municipal de Kirkwood, quando o homem se aproximou de um polícia, no parque de estacionamento do posto policial adjacente à autarquia, e o matou a tiro.
Depois deste primeiro ataque, o homem entrou no edifício municipal e matou um segundo polícia, disparando de seguida contra três funcionários autárquicos, matando-os.
Nessa altura, os polícias responderam ao ataque e abateram o atirador.
A polícia ainda não identificou o suspeito nem as vítimas e as causas do ataque ainda estão por apurar.

por www.publico.pt

publicado por paulozananar às 14:10
link do post | comentar | favorito
|

Importante - Apenas 6000 mulheres abortaram a seu pedido

Jorge Branco contente com o facto dos medicamentos serem o método mais comum

Abortos legais ficaram em pouco mais de metade do previsto em seis meses de despenalização.

Nos primeiros seis meses depois da despenalização da Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG), 6000 mulheres abortaram a seu pedido, o que constitui pouco mais de metade do previsto, avançou hoje fonte oficial. Os dados dizem respeito a interrupções realizadas até ao fim de Dezembro passado. Antes da realização do referendo que despenalizou o aborto, as autoridades de Saúde, com base na realidade de outros países europeus, calculavam que viessem a realizar-se 20 mil abortos legais por ano. A extrapolação do valor do primeiro semestre - menos 15 dias, já que a lei vigora desde 15 de Julho de 2007 - para um ano indica valores pouco superiores a 12 mil IVG, o que corresponde a cerca de 60 por cento do perspectivado. O valor total (6099) corresponde a 97 por cento das interrupções de gravidez realizadas em hospitais públicos e privados, precisou o presidente da Comissão Nacional de Saúde Materna e Neonatal, Jorge Branco. Os restantes três por cento (quase 190 casos) referem-se a situações clínicas ou impostas por outros motivos. Jorge Branco congratula-se com estes valores, aquém do previsto, e acentua ainda o "grande predomínio" da interrupção da gravidez com recurso a medicamentos em vez da opção pela cirurgia. O especialista, que também é director da Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, considera esse factor bastante positivo, por o recurso aos medicamentos ser "menos agressivo e menos traumático" para a mulher. Aplicação da lei decorre sem percalços Acerca da entrada em vigor da legislação criada depois do "sim" ter vencido o referendo ao aborto, aquele médico disse que "está a decorre sem percalços", tanto nas instituições de Saúde públicas como nas três privadas que estão autorizadas a fazê-lo. Outro facto que realça é os 30 abortos realizados a menores de 15 anos - 0,5 por cento do total, enquanto, por idades, a maior concentração ocorre no grupo de mulheres entre os 20 e os 34 anos: 4124 IVG (65,8 por cento do total). Em mulheres com mais de 40 anos, os registos oficiais indicam 503 casos (oito por cento). Por regiões, em Lisboa e Vale do Tejo realizaram-se mais de metade dos abortos (3547), seguida da região Norte (1173), Centro (382), Algarve (351) e Alentejo (147). Acresce ainda que dois terços do total de IVG foram realizados em instituições de Saúde públicas e os restantes em estabelecimentos privados, ainda segundo dados oficiais.

por Lusa   in  www.publico.pt

publicado por paulozananar às 14:06
link do post | comentar | favorito
|

Curiosidades - Fotojornalista Miguel Barreira, do "Record" distinguido pela World Press Photo 2007 n

Foto de Bodyboard na praia da Nazaré
O voo do bodyboarder Jaime Jesus no mar da Nazaré valeu a Miguel Barreira o terceiro lugar do World Press Photo 2007 na categoria de desporto
O repórter fotográfico Miguel Lopes Barreira, do jornal "Record", foi hoje distinguido com um prémio World Press Photo 2007, com a imagem do desportista Jaime Jesus numa competição de bodyboard na Nazaré.
De acordo com a fundação World Press Photo, que anunciou hoje os vencedores das melhores imagens captadas em 2007, Miguel Lopes Barreira ficou em terceiro lugar na categoria "Sport Action" com uma fotografia a preto e branco captada a 16 de Dezembro na Praia do Norte, Nazaré.
A imagem mostra o bodyboarder Jaime Jesus em suspenso no ar, prestes a cair num turbilhão de ondas no mar.
Em declarações à agência Lusa, Miguel Lopes Barreira disse ter ficado surpreendido com a distinção: "Não estava nada à espera".
Miguel Barreira, 33 anos, trabalha no jornal desportivo Record desde 1999, depois de se ter iniciado profissionalmente no Jornal de Negócios.
Há nove anos a captar imagens no desporto, o repórter referiu que nesta área recorre mais "à intuição, porque as coisas acontecem a outra velocidade".
"Quase que temos de prever as coisas antes de acontecerem", observou.
Com formação em fotografia e realização de cinema, Miguel Barreira diz não ter um desporto de eleição para fotografar. "A ideia - diz - é captar da melhor maneira possível aquilo que está à nossa frente".
Este é o primeiro prémio internacional que Miguel Barreira recebe e que se junta a algumas distinções em Portugal, a mais recente das quais em 2007 pelo Clube Nacional de Imprensa Desportiva.
Na categoria "Sport Action" da World Press Photo 2007, o primeiro prémio foi atribuído a Ivaylo Velev, da Bulgária, que captou a imagem de um esquiador a fugir de uma avalanche em França.
O World Press Photo é considerado um dos mais importantes prémios de reconhecimento do trabalho dos repórteres fotográficos.
A cerimónia de entrega dos prémios está marcada para 27 de Abril em Amesterdão.

por Lusa  in  www.publico.pt


publicado por paulozananar às 13:53
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Curiosidades - Atraso de ...

. Importante - 'Homejacking...

. Curiosidades - Professore...

. Escola - Ministra rejeito...

. Curiosidades - Descoberta...

. Rali- Rali do Japão

. Saúde - Aftas O que as pr...

. Importante - Investigador...

. Importante - FIM aprova A...

. Ralis - Oportunidade de o...

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. curiosidades

. desporto

. desporto motorizado

. desportos motorizados

. escola

. importante

. informação

. nutrição

. ralis

. saúde

. todas as tags

.links

Online Casino
Slot Machines
Como está o Blog?
Melhor
Igual
Pior
Interessante
Pode melhorar
Não tenho opinião
  
Free polls from Pollhost.com
blogs SAPO

.subscrever feeds