Domingo, 5 de Agosto de 2007

Desporto Motorizado - Basso vence na Madeira

ImageGiandomenico Basso / Mitia Dotta, em Fiat Punto S2000, venceram a 48ª edição do Rali Vinho Madeira. Bruno Magalhães / Paulo Grave, aos comandos do Peugeot 207 S2000 foram os melhores Portugueses e terminaram na 2ª posição. Na 8ª posição terminou o melhor madeirense, Alexandre Camacho.

Giandomenico Basso bisou no Rali Vinho da Madeira. O piloto italiano dominou a prova desde a 3ª prova especial de classificação. Ao longo da 1ª etapa, Renato Travaglia encetou alguns ataques a Basso, mas que não tiveram sucesso. O piloto do Punto S2000 aumentou e geriu a sua vantagem ao longo da 2ª etapa do rali.O rali foi complicado, principalmente na 1ªetapa, em que as condições meteorológicas alteravam constantemente. O Fiat Punto S2000 esteve ao mais alto nível, á excepção de um pequeno susto com a caixa de velocidades, mas na assistência, foi tudo reparado e o carro continuou impecável. Hoje entramos decididos, e aumentamos a vantagem para o Travaglia e depois fomos gerindo essa vantagem” comentava o vencedor da prova insular. 

Na segunda posição, na estrada, terminou Renato Travaglia, mas, nas verificações finais, o italiano foi desclassificado.

Na sequência do relatório apresentado pelo Delegado Técnico da FIA relativo à sua inspecção do carro número 5, antes do reagrupamento no Parque de Assistências G, e tendo dado oportunidade aos pilotos e chefe de equipa do carro número 5 de explicarem o porquê de um dos tubo relativos ao regulador de pressão estar desligado, os Comissários deliberaram e decidiram excluir o carro número 5 por não respeitar o Artigo 254/6.1.

ImageCom esta desclassificação, Bruno Magalhães/ Paulo Grave levaram o Peugeot 207 S2000 á segunda posição final e melhor equipa Portuguesa. Depois de um início muito atribulado, com um atraso de cerca 2m30, derivado a um problema com o carro francês, Bruno Magalhães encetou uma excelente recuperação desde o 20º lugar, ate ao lugar intermédio do pódio. O piloto português beneficiou de uma penalização de 1m10 a Ojeda, que na altura estava na 3ª posição, e a partir desse momento, Bruno Magalhães aumentou a sua diferença para Ojeda, para assim terminar na 3ª posição final. A dupla da Peugeot Total venceu 7 especiais de classificação, e na 2ª etapa, foram mesmo os vencedores, mostrando que se não fosse o azar inicial, iriam lutar pela vitória, porque mostraram andamento para ombrear com os grandes nomes presentes. Com este resultado, Bruno Magalhães assumiu a liderança do Campeonato Nacional de Ralis. 

Durante o rali falou-se na possibilidade de Bruno Magalhães / Paulo Grave disputarem o Rali de San Remo, mas Carlos Barros não confirmou nem desmentiu, afirmando que “gostávamos imenso de levar o Bruno e o Paulo a uma prova do Mundial de Ralis, como já fizemos com outros pilotos da equipa, mas isso já não depende de nós, porque envolve um budget que neste momento não temos”. 

“Estou muito satisfeito com os resultados desta participação no Rali Vinho Madeira, ao vencermos a 2ª etapa, subirmos ao pódio e ganharmos 7 classificativas. Fomos os melhores portugueses, recuperámos a liderança do Nacional de Ralis e fomos os terceiros da geral. Demos o máximo e fomos compensados pelos riscos que todos corremos. Tenho uma equipa fantástica que nos dá o máximo apoio e dessa forma sinto-me um privilegiado.”, revelou Bruno Magalhães. 

“Kike” Ojeda terminou a prova na 3ª posição. O piloto espanhol rodou quase sempre na 3ª posição, mas um problema com a caixa de velocidades e transmissão, no decorrer da 2ª etapa, fez com que penalizasse 1m10s, numa altura que estava atacar a 2ª posição, de Renato Travaglia. Com este imprevisto, o Ojeda manteve-se na 3ª posição, mas por pouco tempo, porque Bruno Magalhães estava diabólico e “roubou” o ultimo lugar do pódio. “Foi um rali em que nos faltou uma pontinha de sorte. Estávamos muito perto do 2º lugar e o problema com o caixa de velocidades fez com que baixássemos para 3º e o carro nunca ficou a 100%  e acabamos por terminar na 4ª posição. Em termos de campeonato foi bom, tanto para mim, como para a Peugeot”, afirmava Ojeda. Com a desclassificação de Travaglia, Ojeda ascendeu ao terceiro lugar. 

ImageJosé Pedro Fontes / Fernando Prata levaram o Fiat Punto S2000 até á 4ª posição. Na primeira prova do Punto em pisos de asfalto, mostrou-se mais competitivo que em pisos de terra, mas mesmo assim, nota-se que ainda há muito trabalho pela frente.  José Pedro Fontes efectuou um rali muito regular, rodando quase sempre no top 6. “Faço um balanço bastante positivo. Foi o É o nosso primeiro rali de asfalto e fomos sempre evoluindo ao longo dos troços. Depois é sempre muito gratificante no primeiro rali de asfalto rodar na frente de pilotos como o Loix e o Navarra. Fizemos bons tempos e agora, no próximo rali, vamos tentar diminuir a diferença para o segundo lugar do Campeonato Nacional. "

A luta pela 5ª posição foi um dos motivos de interesse desta 2ª etapa. Bernd Casier, Corrado Fontana e Simon Jean-Joseph foram os intervenientes. O jovem piloto belga, Bernd Casier, a correr pela primeira vez na ilha da Madeira, levou a melhor sobre os seus rivais.

No final da prova, Casier afirmava que “estou contente porque ganhei a luta com o Fontana, foi bom. Para primeira vez na Madeira não foi nada mau.” 

Corrado Fontana acabou na 6ª posição. O piloto italiano do Punto S2000 perdeu, na derradeira prova especial de classificação, uma posição para o belga.”O objectivo principal foi atingido, ou seja, concluir o rali. Foi uma prova muito dura em que o ritmo foi muito elevado desde início. Estou satisfeito com este resultado e espero estar aqui, no próximo ano, para tentar melhorar.” 

Simon Jean-Joseph terminou na 7ª posição e foi o vencedor do Agrupamento Turismo. “Estou contente por ter terminado o rali. Foi uma boa luta com o Camacho e é sempre um grande prazer estar na Madeira”. 

Alexandre Camacho foi o melhor piloto Madeirense e terminou a prova na 8ª posição. O piloto do Peugeot 206 S1600 travou uma excelente luta com Jean-Joseph. Com este resultado alcançado, Alexandre Camacho assume a liderança do Campeonato Ralis Coral da Madeira. O dia começou a correr bem, depois nas últimas quatro classificativas ficámos sem embraiagem, com um escape partido e tivemos que tirar o pé do acelerador para continuarmos a ser o melhor madeirense e agarrarmos os pontos de hoje..” 

Paulo Fontes, presidente do clube Organizador e também da Comissão Organizadora do Rali Vinho Madeira, está feliz com mais esta edição do RVM07, “foi uma grande edição do Rali Vinho Madeira. Em termos de organização cumprimos com todos os horários.”

fotomomento.jpgApesar dos “acidentes e dos incidentes, normais em provas deste tipo, a Organização resolveu todas as situações em tempo útil, pelo que se pode considerar um rali de sucesso”- Sem se deter, o máximo responsável pela Organização da prova comemorou “com os mais eficientes, já que nos ralis há sempre o factor sorte, e nem sempre se brinda os melhores”.

Quanto à participação do rali no IRC, Paulo Fontes descansa os madeirenses, avisando também os que querem entrar para o IRC: “Não temos nada a temer. Vamos continuar a demonstrar que sabemos organizar uma prova de sucesso, numa Ilha de sucesso, que tem uma grande imagem e um local de um grande destino. Basta falar com os pilotos para se ver o que dizem do rali: Que estamos a honrar o desporto português e que se faz um rali de sucesso, ano após ano. No IRC, o Rali Vinho Madeira está na linha da frente. Quem quiser entrar, vai ter de o fazer para um lugar mais atrasado”.

 

 

 

Liderança da prova

Absoluto – Renato Travaglia, na 1ª e 2ª PEC; Giandomenico Basso, da 3ª à 19ª PEC
Grupo A – Simon Jean Joseph, na 1ª PEC; Aécio Anjo, na 2ª PEC; António Nunes, na 3ª PEC; Alexandre Camacho, na 4ª PEC; Simon Jean Joseph, da 5ª à 19ª PEC
Grupo N – Renato Travaglia, na 1ª e 2ª PEC; Giandomenico Basso, da 3ª à 19ª PEC

Vencedores
Absoluto – Giandomenico Basso/Mitia Dotta - Fiat Punto S2000
Grupo A – Simon Jean Joseph/Jack Boyere - Citroen C2 S1600
Grupo N – Giandomenico Basso/Mitia Dotta - Fiat Punto S2000
 

 

in www.pregoafundo.com

Classificação Final

Clf.

Piloto / Navegador

Carro

Tempo

1

Giandomenico Basso / Mitia Dotta

Fiat Punto S2000

3h06m13,4s

2

Bruno Magalhães / Paulo Grave

Peugeot 207 S2000

+2m26,4s

3

E. García Ojeda / Jordi Costa

Peugeot 207 S2000

+2m52,8s

4

J.Pedro Fontes / Fernando Prata

Fiat Punto S2000

+3m39,0s

5

Bernd Casier / Frederic Miclotte

Peugeot 207 S2000

+5m37,3s

6

Corrado Fontana / Renzo Casazza

Fiat Punto S2000

+5m40,6s

7

Simon Jean-Joseph / Jack Boyere

Citroen C2 S1600

+6m03,5s

8

Alexandre Camacho / Rui Abreu

Peugeot 206 S1600

+6m59,9s

publicado por paulozananar às 23:18
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Curiosidades - Atraso de ...

. Importante - 'Homejacking...

. Curiosidades - Professore...

. Escola - Ministra rejeito...

. Curiosidades - Descoberta...

. Rali- Rali do Japão

. Saúde - Aftas O que as pr...

. Importante - Investigador...

. Importante - FIM aprova A...

. Ralis - Oportunidade de o...

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. curiosidades

. desporto

. desporto motorizado

. desportos motorizados

. escola

. importante

. informação

. nutrição

. ralis

. saúde

. todas as tags

.links

Online Casino
Slot Machines
Como está o Blog?
Melhor
Igual
Pior
Interessante
Pode melhorar
Não tenho opinião
  
Free polls from Pollhost.com
blogs SAPO

.subscrever feeds