Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

Desporto Motorizado - Rali Torrié

Bruno Magalhães foi quem melhor se deu com os troços enlameados do Rali Torrié, obtendo a sua primeira vitória à geral e logo na estreia competitiva do Peugeot 207 S2000.

Foi um vitória de grande nível, da equipa que melhor trabalhou na época de defeso, proporcionando a Bruno Magalhães um carro perfeito, competitivo e fiável que abre a Bruno Magalhães excelentes perspectivas. Foi por assim dizer um vitória à Armindo Araújo!!!

O tom mais sério das palavras de José Pedro Fontes no final do rali, demonstram que o entusiasmo inicial deu lugar a alguma frustação no final do rali, pois o piloto tudo fez (arriscando bastante) para acompanhar o outro S2000. Ficou demonstrando que existe muito trabalho a fazer em termos de acertos no Punto S2000, embora ainda existam conclusões que não são conhecidas e que ficarão guardadas para um próximo rali onde a lama esteja ausente.

De qualquer maneira, os dois pilotos dos S2000 mostaram a competitividade destes carros e que muitas vezes a electrónica está mais nos braços dos pilotos do que na mecânica dos carros.

António Rodrigues provou o seu valor com uma boa exibição, apesar dos problemas de turbo. Mesmo assim o piloto foi demasiado exuberante na condução do Lancer (estilo Teodósio), o que é espectacular para o público, mas pouco interessante para o cronómetro.

Vitor Pascoal tem razões para estar muito satisfeito, pois cumpriu com o objectivo de terminar entre os primeiros, fazendo uma prova onde não comentou erros, sendo esse um dos segredos para este excelente resultado no início da temporada.

Com receio de atacar nos troços com muita lama, Ricardo Teodósio cedo perdeu o contacto com os primeiros, revelando-se sempre muito cauteloso o que lhe valeu mesmo assim um bom 5º lugar.

Destaque para duas excelentes provas. O espanhol Garcia Ojeda que trouxe a esta prova um Peugeot 206 RC, que andou a voar baixinho nas especiais, bem como o surpreendente Pedro Leal que plantou o Fiat Stilo nos pontos mais uma vez, demonstrando que merecia outro tipo de carro.

Vitor Sá teve uma boa prova onde não cometeu grandes erros, evidenciando a frieza necessária para terminar nos pontos, o que demonstra um pouco a sua evolução nos pisos de terra.

A experiência de Fernando Peres não foi suficiente para o piloto evitar um erro (saída de estrada) acabando fora dos pontos, o que não é de todo um bom início para quem pretende ser campeão.

Frederico Gomes teve uma excelente vitória nos C2, mesmo que a direcção assistida do carro lhe tenha dada grandes dores de cabeça. Paulo Antunes foi o primeiro líder mas desistiu com problemas transmissão, enquanto Armando Oliveira também ficou pelo caminho com a meta à vista devido a problemas de direcção. Assim, Rodrigo Ferreira foi o segundo, nunca tendo lutado pela vitória, mas andou sempre no pódio e Armindo Neves, que andou sempre nos 5 primeiros subiu ao 3º lugar. Ficou contudo por provar a maior competitividade do C2 R2.

Destaque também para as muitas desistências por saída de estrada, para o muito público que acampanhou a prova na estrada (como raras vezes se viu em provas do Nacional de Ralis), para a organização que falhou na decisão de mandar os pilotos directamente para Salamonde / Serradela 2, embora no aspecto meramente organizativo tenha estado bem.

 NOTAS

- Grande domínio de Bruno Magalhães que comando quase sempre o Rali
- Primeira vitória á geral de Bruno Magalhães
- Vitória na estreia do Peugeot 207 S2000
- Muitas dificuldades de tracção do Punto S2000 limitaram a prestação de José Pedro Fontes
- Prestação muito segura de Vitor Pascoal, que cumpre os seus objectivos nesta prova
- Saída de estrada de Fernando Peres atirou o piloto para fora dos pontos
- Despiste impressionante de Carlos Guimarães na 2ª especial (cai numa ravina com mais de 20 metros), sem consequências físicas para a equipa
- Prova impressionante de Garcia Ojeda e de Pedro Leal em carros de duas rodas motrizes
- Vitória histórica de Frederico Gomes no Challenge C2

CLASSIFICAÇÃO GERAL (link)

Bruno Magalhães / Paulo Grave - Peugeot 207 S2000

1h32m04,3s

José Pedro Fontes / Fernando Prata - Fiat Punto S2000

a 47,1s

António Rodrigues / Jorge Carvalho - Mitsubishi Lancer Evo IX

a 5m01,8s

Vitor Pascoal / Joaquim Duarte - Subaru Impreza WRX

a 5m55,3s

Ricardo Teodósio / Paulo Primaz - Mitsubishi Lancer Evo IX

a 6m28,3s

Enrique Garcia Ojeda / Jordi Barrabes - Peugeot 206 RC

a 8m31,4s

Pedo Leal / Alberto Silva - Fiat Stilo MJ

a 9m24,0s

Vitor Sá / Justino Reis - Mitsubishi Lancer Evo IX

a 10m01,8s

in www.ralis.online.pt
sinto-me:
publicado por paulozananar às 17:29
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Curiosidades - Atraso de ...

. Importante - 'Homejacking...

. Curiosidades - Professore...

. Escola - Ministra rejeito...

. Curiosidades - Descoberta...

. Rali- Rali do Japão

. Saúde - Aftas O que as pr...

. Importante - Investigador...

. Importante - FIM aprova A...

. Ralis - Oportunidade de o...

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. curiosidades

. desporto

. desporto motorizado

. desportos motorizados

. escola

. importante

. informação

. nutrição

. ralis

. saúde

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds